Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Messy Journey

A Messy Journey

02.Jul.18

Rock in Rio 2018

RIR-890x490.jpg

 Desde que o Rock in Rio existe em Lisboa, que apenas faltei um dos anos. Numa visão geral, acho que é um dos melhores festivais, contudo ainda vejo muita coisa a ser melhorada

Fui no passado fim de semana, 23 e 24 Junho, objectivo ver Muse (novamente) e Bruno Mars!

 

No dia 23, chegamos mesmo a tempo de ver Diogo Piçarra, no inicio parecia um palco enorme para apenas uma pessoa, que andava de um lado para o outro para aproveitar o publico. Conseguiu encher o palco sem duvida, trazendo convidados, e a homenagem aos Xutos&Pontapés foi muito bonita. Como não conhecia Haim nem Bastille, lá muito bem aproveitamos para ir passear pelo recinto, para cuscar as novidades.

Vi a Carolina Deslandes no palco Music Valley, achei que a Carolina merecia mais palco, e o som não chegava bem aos lugares mais atrás.

No Super Bock Digital Stage, ainda consegui ver um pouco da Bumba na Fofinha, com o Guilherme Fonseca, são TOP. A grupeta "Cavalinho na Chuva" vi-os pelo recinto a passear.

O dia finalizou com o concerto de MUSE, que nunca desiludem!!!

 

Dia 24, chegamos já o AGIR ia no fim, porque tivemos de deixar o carro onde Judas perdeu as cuecas... Como tinhamos passado o dia anterior sentados na relva ou em pé, resolvemos ouvir Anitta enquanto esperavamos na fila para os sofás insufláveis. Dos dois que fomos buscar, apenas sobreviveu um :D

Quanto ao concerto da Anitta, nossa senhora aquelas bailarinas TOP, fiquei com a sensação que me devem faltar musculos no rabo porque o meu só serve mesmo para me sentar, a fazer coisas que o corpo humano pede.

Depois já bem sentadita no meu belo sofá, ouvimos Demi Lovato, grande voz, mas acabou o concerto de forma... como hei-de dizer... o concerto terminou e ninguém se apercebeu, basicamente foi isso. Tudo a curtir ela a cantar uma musica suave, e de repente silencio, não ouve aplausos porque ninguém se apercebeu que ela já tinha terminado, ficou tudo parvo.

No final do dia, Bruno Mars, o grande Bruno Mars. Nossa senhora grande espetaculo, muito bom. E quando ele falou em português "Eu quero você", nossa senhora! Mas enfim um optimo dia, que terminou da melhor maneira.

 

Acho que seria importante uma reflexão sobre espaços de estacionamento, porque num dia estacionei quase junto à sede da RTP (longe para caraças), e no outro dia mais longe ainda, foi para lá do ISEL (fiquei com umas pernas seim senhor)

 

Et voi lá, foi este o Rock in Rio!